quarta-feira, 2 de setembro de 2009

. Propina .

Em meio ao choro

não permite
não cede
nem concede

Diz que não e ponto

então chantageia
ameaça
encurrala

É quando abre os braços...

me aperta
me oferece os lábios
e me leva

3 comentários:

Rodrigo Fernandes disse...

Aquela coisa da corrupção ...

Sandra Regina de Souza disse...

Irresistível essa "propina", moço! AMEI!!!!!!
bjos
Sandra

Gil disse...

Verídico. Bem bom.